IPTU: População ainda aguarda resposta da comissão responsável por apurar reajuste

IPTU2

Cartaz exibido durante manifestação contra o aumento do IPTU na última segunda (17). Foto: Matra

Na última segunda-feira (17) cidadãos foram à Câmara Municipal para pedir uma posição dos vereadores sobre o aumento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) neste ano. Por isso, o presidente Luiz Eduardo Nardi convocou a formação de uma comissão, composta pelos vereadores Cícero do Ceasa, José Bassiga e Marcos Rezende, para tratar do assunto.

Durante a reunião entre os vereadores e a população, ficou acertado que os edis iriam levar a questão ao Executivo e depois agendar uma conversa com os técnicos da Prefeitura para que esses expliquem quais critérios são adotados para o cálculo do imposto.

Mas até o momento a questão não teve andamento, pois, segundo informações, os vereadores Marcos Rezende e José Bassiga estão esperando a população levar os carnês do IPTU referentes a 2014, 2013 e 2012 para fomentar a análise sobre as possíveis distorções nos valores cobrados.

Contudo, o vereador Bassiga havia dito na segunda-feira que iria levar a questão ao Prefeito imediatamente. Já o vereador Cícero do Ceasa tem que aguardar os outros membros para tentar marcar uma reunião.

O problema da demora em realizar essa reunião está no fato de que os manifestantes pediram para adiar a data de vencimento da primeira parcela do imposto para o dia 28 de fevereiro.

Os cidadãos estão revoltados com a falta de critério adotada pela Prefeitura ao atribuir os valores cobrados pelo IPTU, pois de um ano para outro, o valor venal dos imóveis aumenta significativamente e de maneira desordenada. Eles cobram transparência do Poder Público em explicar essas questões.