Vale alimentação entra em vigor, mas Prefeitura ainda paga servidores de cesta básica

Vale alimentação entra em vigor, mas Prefeitura ainda paga servidores de cesta básica

Neste mês entrou em vigor o vale-alimentação para os servidores públicos municipais no valor mensal de R$ 125,00. Segundo a Lei nº 7.945, que institui o vale em substituição à cesta básica, o cartão alimentação é destinado aos funcionários da Prefeitura, Daem (Departamento de Água e Esgoto de Marília) e do IPREMM (Instituto de Previdência do Município de Marília).

Porém, a Prefeitura pagou fora da ordem cronológica, ou seja, na frente de outros fornecedores, a quantia de R$ 1.012.414,60 à empresa Agro Comercial da Vargem LTDA e o valor de R$ 292.038,99 à empresa Comercial João Afonso LTDA. Segundo a publicação de hoje (20) do Diário Oficial, o pagamento fora da ordem temporal ocorreu por se tratar de fornecimento de cestas básicas destinadas aos servidores municipais.

Vale lembrar que a Prefeitura deve rescindir os contratos com as empresas fornecedoras de cestas básicas, já que contratou a empresa Sindplus para gerenciar o vale alimentação. O acordo com a empresa Agro Comercial ocorreu no dia 26 de abril de 2016 com dispensa de licitação e em caráter emergencial para garantir a distribuição das cestas básicas, porém não é mais necessário.