Câmara informa MATRA sobre compra de equipamentos visando a modernização do plenário

Câmara informa MATRA sobre compra de equipamentos visando a modernização do plenário

Em julho, a MATRA enviou o segundo requerimento à Câmara questionando a compra de diversos equipamentos eletrônicos. Segundo o edital de licitação nº 13/2016, o objetivo da aquisição dos itens é a “modernização do plenário”. No total serão gastos R$ 161.018,50. Os equipamentos variam entre computadores, notebooks, no breaks, televisões, softwares, servidor de bancos de dados, leitor biométrico, dentre outros. Para a entidade, os equipamentos poderiam ser utilizados para a instalação de um painel eletrônico de votação.

Em resposta, a Câmara informou que não há estudos ou projetos visando a instalação de painel eletrônico de votação. O Legislativo informou que a pauta das sessões foi disponibilizada por meio digital, com exibição em aparelhos de televisão e notebooks. Assim, há a possibilidade de os votos serem registrados por meio eletrônico em caso de votações qualificadas.

“Informamos ainda que o investimento na aquisição de equipamentos e serviços para a modernização do Plenário são aqueles constantes do Processo de Licitação nº 19/2016 – Edital nº 13/2016 – Pregão Presencial nº 12/2016, que resultou num valor total de R$ 96.780,20, sem que isso, no entanto, represente gastos com eventuais painéis eletrônicos de votação”, informou a Câmara.

Em julho de 2012, a MATRA impediu o gasto de R$ 232,5 mil para a instalação de um painel eletrônico. Para a entidade, trata-se de um gasto desnecessário, já que o Legislativo mariliense é composto por apenas 13 vereadores, então não há qualquer dificuldade em acompanhar a votação dos edis. Por isso, é importante acompanhar o expediente da Administração Pública a fim de exercer a fiscalização dos gastos públicos. Afinal, esta cidade tem dono: Você!