PREFEITURA ARQUIVA SINDICÂNCIA E CONCURSO PARA CUIDADOR SOCIAL DEVERÁ SER REABERTO

PREFEITURA ARQUIVA SINDICÂNCIA E CONCURSO PARA CUIDADOR SOCIAL DEVERÁ SER REABERTO

Com o arquivamento da sindicância aberta para investigar a empresa Publiconsult, o concurso público que oferece 20 vagas para Cuidador Social deverá ser reaberto.

De acordo com a decisão publicada no Diário Oficial do Município a comissão de sindicância seguiu o princípio constitucional de “presunção de inocência”, em que ninguém é considerado culpado antes do trânsito em julgado da ação.

Conforme apurou e noticiou a MATRA,  a empresa Publiconsult Assessoria e Consultoria Pública Ltda. EPP – vencedora da licitação realizada pela administração anterior para a realização do concurso público – responde a inúmeras ações por suspeita de fraudes em licitações e contratos administrativos, sob acusação de integrar organização criminosa desvendada pelo GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público, em cidades como Rio Claro, Porangaba, Santa Cruz do Rio Pardo, Laranjal Paulista, Itapetininga, Sumaré, Mogi Mirim e Barretos.

Mesmo assim a suspensão do concurso gerou polêmica uma vez que as inscrições estavam em fase de encerramento. Agora, diante do arquivamento da sindicância, a Prefeitura deve se reunir com representantes da empresa para definir um novo cronograma para o concurso e estabelecer a data para a aplicação das provas.

A MATRA permanecerá atenta em defesa da transparência na gestão pública.