PREFEITURA ANUNCIA RETOMADA DA OBRA DE TRATAMENTO DE ESGOTO

PREFEITURA ANUNCIA RETOMADA DA OBRA DE TRATAMENTO DE ESGOTO

A Prefeitura convocou a imprensa no Paço Municipal na tarde da última segunda-feira (30) para anunciar a retomada da obra de afastamento e tratamento de esgoto. A empresa Replan venceu nova licitação e deverá concluir os trabalhos nas bacias do Pombo e do Barbosa até o final de 2019.
A retomada da obra do esgoto deve acontecer já a partir desta terça (31). “cerca de 100 funcionários diretos estarão executando os serviços. Vamos acelerar e trabalhar 24 horas, se necessário, para concluir esta obra entre 14 e 16 meses. Com as estações de tratamento de esgoto do Pombo e do Barbosa funcionando, as regiões sul e leste da cidade serão atendidas, representando 67% do total da cidade”, ressaltou o sócio-proprietário da Replan, Reinaldo Pavarini, em entrevista ao Jornal da Manhã.
O custo inicial da obra será de R$ 30.756.365,95, com pagamentos mensais por medição, podendo ser reajustado anualmente pelo IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado) calculado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas).
“Para nós hoje é um dia histórico e um privilégio para toda a nossa administração poder entregar a obra de tratamento de esgoto, que é um sonho de todos os marilienses. Agradeço aos diretores da Caixa pelo apoio a este projeto que estava abandonado, e à Replan, que com toda sua competência, ganhou a licitação. Trata-se de uma obra complexa, que agora será feita de forma correta e justa. Tenho certeza que a Replan vai concluir dentro do prazo e é uma vitória da cidade de Marília. Fazemos questão que todos acompanhem o andamento da obra, que trará muita mais saúde e qualidade de vida a toda cidade. E posso adiantar que já estamos trabalhando para que a bacia do Palmital, que atende 33% de Marília, também seja realizada”, disse o prefeito Daniel Alonso durante o evento.
O vice-prefeito Tato também destacou a importância da obra. “Com o esgoto tratado vamos recuperar a decência da cidade de Marília, que tem uma população trabalhadora. O que me deixa mais feliz é que não estamos buscando empresas de fora. Hoje a obra será feita por uma empresa de Marília, que tem capacidade técnica para isso. É um momento de recuperação da dignidade de uma cidade. Parabenizo o prefeito Daniel e toda sua equipe por mais esta grande obra que irá beneficiar toda a população mariliense”, afirmou Tato.
O vereador Marcos Rezende, vice-presidente da Câmara, parabenizou a atual administração por não medir esforços para que a obra fosse realizada. “O prefeito Daniel, o vice Tato e toda a equipe estão de parabéns, pois a obra do esgoto é um sonho de toda a população mariliense e em breve estará se tornando realidade. Hoje Marília tem uma gestão séria e eficiente, onde prevalece o diálogo. Por isso, a Câmara está dando o suporte necessário para que a cidade se desenvolva cada vez mais e a qualidade de vida da população melhore sempre”, disse.
Mais sobre a obra
A obra de afastamento e tratamento de esgoto está paralisada desde 2015. Já foram implantados 74 mil metros de emissários (tubulação), mas as interligações entre as “travessias” só poderão ser feitas com a implantação das lagoas das estações de tratamento do Pombo de do Barbosa.
Estima-se que cerca de R$ 20 milhões tenham sido desperdiçados com a obra paralisada, por conta de parte da obra que já havia sido realizada, mas precisará ser refeita.
Em um segundo momento, a Prefeitura deverá licitar a estação de tratamento do Palmital, que vai coletar e encaminhar para tratamento o esgoto das regiões leste e norte da cidade.

Fonte: Jornal da Manha

*imagem meramente ilustrativa.