CAMPANHA “TREZE VEREADORES É O QUE O POVO QUER” GANHA FORÇA E ENTREGA DE ABAIXO-ASSINADO NA CÂMARA REPERCUTE NA IMPRENSA

CAMPANHA “TREZE VEREADORES É O QUE O POVO QUER” GANHA FORÇA E ENTREGA DE ABAIXO-ASSINADO NA CÂMARA REPERCUTE NA IMPRENSA

Representantes da OSCIP MATRA (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Marília Transparente), e de mais 34 (trinta e quatro) entidades representativas da população, entregaram na noite de ontem (24/09) um abaixo-assinado com pedido de VOTAÇÃO e APROVAÇÃO do Projeto de Lei número 01/2018 que fixa em 13 (treze) o número de vereadores em Marília.

A entrega do documento, que foi recebido por uma comissão de vereadores durante a Sessão Ordinária, marca uma nova fase da Campanha encabeçada pela Matra em prol da REDUÇÃO DO NÚMERO DE VEREADORES na Câmara Municipal de Marília, já que do jeito que está serão 21 (vinte e um) nas próximas eleições.

A campanha ganhou a adesão de setores importantes da sociedade e que representam uma parcela enorme da população como:

  1. Associação Moradores Bairro Jardim Aeroporto;
  2. Associação Moradores Bairro Novo Horizonte;
  3. AMASC (Associação de Moradores Santa Clara);
  4. Associação Moradores Bairro Maracá;
  5. Associasul – Nova Marília;
  6. Associação Moradores Bairro Alto Cafezal;
  7. Associação Moradores Bairro Palmital;
  8. Associação Moradores Bairro Figueirinha;
  9. Associação Moradores Bairro São Miguel;
  10. Associação dos Ostomizados de Marília e Região;
  11. Associação Moradores Jardim Julieta III;
  12. ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL – SUBSESSÃO MARÍLIA;
  13. Associação dos Moradores do Jd. Marajó;
  14. Associação dos Moradores do Aeroporto;
  15. Sindicato da Saúde;
  16. Agrícola sul do Brasil;
  17. Sindicato Rural de Marília;
  18. Associação Comercial e Industrial de Marília (ACIM);
  19. Lions Clube Marília – Amigos Sem Fronteira;
  20. Rotary Club de Marília Alto Cafezal;
  21. Rotary Club de Marília Leste;
  22. Rotary Club de Marília Tradição;
  23. Loja Maçônica Alfeu César Pedrosa;
  24. Loja Maçônica Alpha;
  25. Loja Maçônica Acácia Mariliense;
  26. Loja Maçônica Marília Dirceu;
  27. Loja Maçônica Brasil II;
  28. Loja Maçônica Nivaldo Rodolfo;
  29. Loja Maçônica Paz, liberdade e Trabalho;
  30. Loja Maçônica Zênite;
  31. Loja Maçônica José Ferreira Maia;
  32. Loja Maçônica Vinte e Sete de Setembro;
  33. Associação dos Moradores Costa e Silva;
  34. CIESP – CENTRO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO.

A ação da sociedade civil organizada repercutiu na imprensa local, que destacou a importância da mobilização da população no processo.

arte-reportagens-site

Vale lembrar que em 2012, após o recolhimento de mais de 14 mil assinaturas, a Matra propôs um Projeto de Lei de Iniciativa Popular para a redução no número de cadeiras na Câmara, mas o projeto foi rejeitado pelos vereadores naquela ocasião e a composição do Legislativo só não foi aumentada por força de uma Liminar, expedida pela Justiça. Mas essa liminar foi derrubada.

Agora, a sociedade tem mais uma chance de ser ouvida por seus representantes – mediante a votação e aprovação do novo Projeto de fixação em treze o número de vereadores na Câmara Municipal – sob o principal argumento de que o custo para manter oito vereadores a mais no Legislativo é muito alto para ser arcado pela população em um momento de crise como este, e supera os possíveis benefícios para a sociedade. Para se ter uma ideia a conta chega a quase R$ 6 milhões a mais por mandato (só com os salários, contando com um assessor que cada vereador tem direito).

SE NADA FOR FEITO SERÃO 21 VEREADORES ELEITOS NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES (8 A MAIS). POR ISSO A SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA COBRA A VOTAÇÃO E A APROVAÇÃO DO PROJETO PARA A REDUÇÃO, MANTENDO AS ATUAIS 13 CADEIRAS.

Ouça a seguir o que o presidente da Matra, Edgar Cândido Ferreira, que encerra sua gestão à frente da entidade no mês que vem, falou sobre esse momento histórico de mobilização da sociedade em defesa da boa aplicação do dinheiro público:

BANNER-TREZE-VEREADORES-MENSAGEM-REDUZIDA

PANFLETO-TREZE-VEREADORES-final-individual