COM O DINHEIRO DO POVO: ENQUANTO A PREFEITURA VAI GASTAR R$ 8,5 MILHÕES COM COMBUSTÍVEIS E MANUTENÇÃO DA FROTA, CÂMARA MUNICIPAL CONTRATA EMPRESA PARA A IMPLANTAÇÃO DA RÁDIO CÂMARA FM

COM O DINHEIRO DO POVO: ENQUANTO A PREFEITURA VAI GASTAR R$ 8,5 MILHÕES COM COMBUSTÍVEIS E MANUTENÇÃO DA FROTA, CÂMARA MUNICIPAL CONTRATA EMPRESA PARA A IMPLANTAÇÃO DA RÁDIO CÂMARA FM

A título de curiosidade – para que a população tenha conhecimento de onde e como está sendo gasto o DINHEIRO PÚBLICO – fruto dos impostos pagos por cada cidadão, a Matra destaca algumas publicações que chamaram a atenção nos últimos dias no Diário Oficial do Município.

A Primeira diz respeito aos gastos previstos com o fornecimento de combustíveis e manutenção da frota de veículos da Prefeitura. No total serão investidos mais de R$ 8,5 milhões.

De acordo com o que já foi publicado, a Prefeitura de Marília vai destinar exatamente R$ 8.533.203,53 em 26 contratos (13 secretarias) firmados com a empresa “Prime Consultoria e Assessoria Empresarial LTDA, sendo R$ 3.550.132,86 para a manutenção preventiva e corretiva dos veículos da frota municipal de diversas secretarias e R$ 4.983.070,67 para o abastecimento de combustíveis por meio de cartão magnético.

Para facilitar a visualização colocamos os valores em uma tabela:

GASTO-COMBUSTIVEIS-MANITENCAO-2019

A frota Municipal é composta por 589 veículos (entre carros, caminhões, motos e máquinas) e a Prefeitura afirma que está fazendo economia de combustível desde que implantou o novo sistema. Para a sociedade é esperar para ver, mas que os valores assustam não dá para negar. Afinal, o valor (global) desses contratos supera o orçamento de várias secretarias municipais, como já destacou o site Giro Marília.

CÂMARA MUNICIPAL TERÁ RÁDIO FM LEGISLATIVA TAMBÉM!

Ainda falando dos gastos públicos, na edição desta terça-feira (19/02) do Diário Oficial do Município, consta o TERMO DE HOMOLOGAÇÃO do Pregão Presencial 11/2019 para a “Contratação de serviços de engenharia especializados em radiodifusão para operação do canal de TV Digital e implantação da Rádio FM da Câmara Municipal de Marília”.

O serviço vai custar mensalmente R$ 8.100,00, totalizando R$ 97.200,00 (valor global do contrato).

LICITAÇÃO-RADIO-CAMARA-FM

Lembramos que no início deste mês a Câmara Municipal já havia contratado uma emissora de Rádio AM para fazer as transmissões das sessões ordinárias e extraordinárias do legislativo. Por esse serviço a população já está pagando R$ 54.180,00 (ou R$ 5.160,00 por mês).

CONTRATACAO-RADIO

Ou seja, a Câmara Municipal, que já dispõe da TV CÂMARA, em canal ABERTO; site próprio; canal do YouTube e também faz as transmissões das sessões pelas redes sócias, agora terá duas rádios para divulgar o trabalho dos vereadores. E vem mais por aí, pois o atual presidente do Legislativo já anunciou a contratação de uma AGÊNCIA DE PUBLICIDADE para a Câmara Municipal. Tudo pago com dinheiro público.

A Matra divulga as informações em defesa da transparência e da boa aplicação dos recursos públicos. Participe, se manifeste. Porque Marília tem dono: VOCÊ!

OUTRO LADO

Depois que a reportagem foi publicada pela Matra a presidência da Câmara colocou um comunicado no site do Legislativo no qual informa:

“O Poder Legislativo de Marília contratou serviços de engenharia especializados em radiodifusão para operação da emissora legislativa TV Câmara e também para a implantação da emissora de rádio FM do Legislativo de Marília. Para a operação da TV Câmara, que transmite sessões ordinárias, sessões solenes, audiências públicas e todas as atividades do parlamento municipal levando conhecimento e informação para toda a população, se faz imprescindível a contratação de profissional especializado em engenharia de telecomunicação. Dentro do escopo do trabalho deste profissional, além de dar todo o suporte para o funcionamento da TV Câmara, está a incumbência de elaborar projeto técnico de instalação da Rádio Câmara FM em Marília, no Canal 295 Classe B1. O referido projeto será enviado à coordenação da Rede Legislativa de Rádio e Televisão da Câmara dos Deputados. A presidência da Câmara Municipal informa que a instalação de uma emissora de rádio pública para as transmissões das atividades parlamentares e sessões plenárias consiste numa das propostas de trabalho da atual Mesa Diretora, conforme já divulgado quando de sua eleição em dezembro”.

E completou afirmando que: “a partir da operação da Rádio Câmara FM, o contrato para a radiodifusão das sessões por rádio convencional será extinto e não mais renovado”.

Vamos acompanhar.

*grifo nosso.