Prefeitura abre licitação de R$ 11 milhões para aluguel de máquinas

Prefeitura abre licitação de R$ 11 milhões para aluguel de máquinas

A Prefeitura de Marília abriu um edital para contratar até 84 mil horas de serviços de máquinas e caminhões pelo prazo de um ano por até R$ 11,8 milhões.

Trata-se de um pregão presencial em que o valor ainda pode cair significativamente – ou não. Vai depender da quantidade de empresas interessadas e nos lances que serão feitos.

O município também não é obrigado a utilizar todo o estoque de horas de serviços licitadas.

Mesmo assim a quantidade de horas e o valor máximo cotado para cada um dos 10 tipos de máquinas pesadas e caminhões do certame chamam a atenção.

Mais horas

Em novembro do ano passado a administração municipal anunciou um contrato de R$ 4,7 milhões com a Caixa Econômica Federal para renovação da frota de veículos e equipamentos da cidade.

Os recursos são do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) para compra de máquinas, tratores e caminhões.

Com isso, pela lógica, a Prefeitura poderia depender menos de equipamentos locados. Mas não é o que indica a comparação do certame atual com o realizado anteriormente, no começo de 2018.

Em janeiro do ano passado o edital previa o aluguel de 72.900 horas de aluguel exatamente pelos mesmos maquinários e veículos de agora.

Ou seja, mesmo com o anúncio de renovação da frota, o município coloca a possibilidade de contratar até 15,5% horas de serviços a mais desse tipo de serviço.

Valores elevados

O levantamento feito pelo site Marília Notícia também mostra que os valores contratados na licitação anterior – começo do ano passado- estão bem abaixo daqueles cotados para o edital atual como preço máximo. Os modelos dos veículos e máquinas, porém, são os mesmos.

Os valores ainda não estão fechados. Com os lances da empresas interessadas, deve haver redução.

O teto de gastos fixado por hora chega a três ou quatro vezes ao praticado no período anterior, o que pode implicar em um aumento expressivo com esse tipo de despesa.

Um dos exemplos é a locação de caminhão basculante com capacidade de transportar entre cinco e seis metros quadrados. A hora foi contratada em 2018 por R$ 24,86. Agora, o teto é de R$ 83,33.

No caso da pá carregadeira, a hora no certame anterior foi de R$ 44,18. Agora, o valor máximo é de R$ 183,33.

A escavadeira hidráulica, que tem a hora mais cara entre todos as máquinas, foi contratada em 2018 por R$ 150. Agora, o valor pode chegar até a R$ 233,33.

Fonte: Marília Notícia

*imagem meramente ilustrativa.