Notícias

Busca

MATRA

A queda: Nelson Granciéri é oficialmente afastado de seus cargos

05 de outubro de 2011 - 09:47

O secretário da Fazenda e Chefe de Gabinete do município, Nelson Virgílio Granciéri – acusado de cobrar propina para liberar pagamento aos fornecedores da Prefeitura –, está oficialmente afastado de seus cargos.

Segundo informações da imprensa local, a assessoria de imprensa da Prefeitura confirmou ontem que o procurador jurídico do Executivo, Ronaldo Duarte, recebeu a notificação da decisão do juiz Valdeci Mendes de Oliveira determinando o afastamento.

Os substitutos de Granciéri ainda não estão definidos, mas os nomes mais cotados para assumir os cargos vagos são os dos secretários da Administração, José Carlos da Silva, e de Economia e Planejamento, Adelson Lelis da Silva.

A Procuradoria do Município deve entrar com recurso contra o afastamento de Granciéri até sexta-feira (7).

ENTENDA O CASO

O Ministério Público acusa Nelson Virgílio Granciéri e seu assessor, André Felizário Jacinto, de cobrarem propina de 10% do valor para liberarem pagamentos a empreiteiras que prestaram à Prefeitura.

De acordo com a denúncia, o chefe de gabinete teria recebido indevidamente mais de R$ 75 mil. Na ação, testemunhas comprovam o crime. Uma delas afirmou que as negociações eram feitas na agência bancária onde a construtora mantém conta ou no escritório da empresa.

(com informações dos jornais Diário de Marília e Jornal da Manhã)

Comentários

Mais vistos