Notícias

Busca

MATRA

Audiência Pública da Fazenda: situação financeira da Prefeitura está estável, mas ainda é preciso economizar

29 de maio de 2014 - 15:16
câmara 29-05

Da esquerda para direita: Secretário da Fazenda Sérgio Moretti, vereador Luiz Eduardo Nardi e Secretário de Economia e Planejamento Rodrigo Zotti.

Hoje (29) pela manhã foi realizada audiência pública para apresentação do balanço financeiro da Prefeitura nos primeiros quatro meses do ano. Fizeram a explanação o Secretário da Fazenda Sérgio Moretti e o Secretário de Economia e Planejamento Rodrigo Zotti. A apresentação foi presidida pelo vereador Luiz Eduardo Nardi e acompanhada pelos edis Cícero do Ceasa, José Bássiga, José Menezes e Silvio Harada.

Segundo explicou Sérgio Moretti, a Prefeitura arrecada mais nos primeiros meses do ano, pois a maior parte dos impostos municipais é pago nos primeiros meses. Por isso a situação financeira atual é de equilíbrio, porém no segundo semestre a Prefeitura passa a gastar mais do que arrecada, daí a necessidade de se economizar. De acordo com Moretti, a Secretaria da Fazenda tem orientado o corte de despesas na Administração Municipal.

Nos quatro primeiros meses do ano, a Prefeitura já arrecadou R$ 207.979.865,39 e teve uma despesa de R$ 183.274.403,60. Somada a diferença de valores ao saldo do exercício anterior, a Prefeitura tem um saldo positivo de R$ 55.439.955,55. Porém, dessa quantia, há valores vinculados à saúde, educação e assistência social, ou seja, só podem ser usados para esse fim. Somente R$ 18.399.222,64 são recursos próprios.

A folha de pagamento dos servidores do mês de maio chegou a R$ 15.455.566,22, o que é considerada muito alta e tem gerado preocupações.

Dentre as arrecadações no período, R$ 30.025.041,14 são provenientes do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Por meio da cobrança da CIP (Custeio de Iluminação Pública), foram arrecadados R$ 374.483,00. Em relação às despesas, chama a atenção os gastos com combustível, que chegaram a R$ 1.128.026,00 e com aluguel, que corresponderam a R$ 1.487.736,97.

Sobre esse tipo de despesa, membro da Matra perguntou ao Secretário Sérgio Moretti se a Prefeitura está tomando alguma atitude para diminuir esse gasto. Em resposta, Moretti disse que a ideia é aglutinar as secretarias, unificar todos os almoxarifados e central de compras e suplementos, porém essa é uma medida a ser realizada em logo prazo.

Transparência

O vereador Luiz Eduardo Nardi pediu aos membros da Secretaria da Fazenda para disponibilizar os dados da audiência pública com três dias de antecedência aos vereadores para que os edis possam fazer uma análise mais profunda e apresentar os questionamentos. Como representantes da população, os vereadores “devem passar as informações às pessoas”, disse Nardi.

Sobre isso, membro da Matra complementou dizendo que as informações devem estar disponíveis também no portal da transparência da Prefeitura.

Comentários

Mais vistos