Notícias

Busca

MATRA

Boletim registra a prisão de 475 candidatos por crimes eleitorais

08 de outubro de 2012 - 10:03
TRE/RN Imagem Eleições 2012
 
De acordo com boletim divulgado pela Justiça Eleitoral, até as 18h44 deste domingo (7) foram presos 475 candidatos em consequência de várias ocorrências de crimes eleitorais, como uso de alto falantes, boca de urna, divulgação de propaganda, transporte ilegal de eleitores e fornecimento ilegal de alimentação. Outras 980 ocorrências de candidatos também foram registradas, mas sem prisão.

Entre os que foram presos pelo uso de alto falantes e amplificadores de som estão 10 candidatos. Sem prisão, foram registradas 22 ocorrências pelo mesmo motivo.

Por boca de urna durante a votação, foram presos 288 candidatos e outros 237 não sofreram prisão. Por divulgação de propaganda eleitoral foram presos 63 candidatos; outros 407 não foram presos.

O crime de transporte ilegal de eleitores resultou na prisão de 25 candidatos; outros 27 não foram presos. Quanto ao crime de fornecimento ilegal de alimentação para eleitores foram registradas seis prisões e outras 29 ocorrências sem prisão.

Por corrupção eleitoral foram presos 42 candidatos e 143 não foram presos. Outros motivos levaram 41 candidatos para a prisão, mas 115 não foram presos.

No total, foram registradas 1.455 ocorrências.

Não candidatos

Pelos mesmos crimes eleitorais foram presas, neste domingo, 1.703 pessoas. Ficaram registradas 1.654 ocorrências sem prisão, no total de 3.357 ocorrências.

Pelo uso de alto falantes e amplificadores, foram presas 66 pessoas e 37 não foram presas. Por boca de urna, as prisões chegaram a 1.044, mas 781 foram registradas sem prisão.

O crime de divulgação de propaganda eleitoral resultou em 185 prisões com o registro de outras 342 sem prisão.

O crime de transporte ilegal de eleitores resultou na prisão de 77 pessoas, além do registro de mais 109 sem prisão. Também foram registradas 17 prisões por fornecimento de alimentação a eleitores e 29 contabilizadas sem prisão.

Por corrupção eleitoral foram efetuadas 94 prisões e 131 registros sem prisão. Outros motivos levaram 220 pessoas para a prisão e registraram 225 ocorrências sem prisão.

Fonte: TSE

 

Comentários

Mais vistos