Notícias

Busca

MATRA

Condenação/desvio de dinheiro público: Marília é destaque negativo na mídia nacional

20 de julho de 2015 - 11:40

A condenação do Presidente da Câmara Municipal, Herval Rosa Seabra, a pena de oito anos de prisão teve repercussão negativa na mídia nacional. Ontem (19) o jornal O Estado de São Paulo publicou em seu site a matéria intitulada “Ex-presidente da Câmara de Marília pega oito anos de prisão”.

Entenda – Herval Rosa Seabra (PSB), foi condenado a oito anos e dez meses de prisão por desvio de recursos públicos para financiamento de campanha e despesas pessoais. Também foi condenado pela 2.ª Vara Criminal de Marília, a cinco anos e 11 meses de prisão, o ex-diretor geral da Câmara, Toshimoto Egashira – beneficiado pelo instituto da delação premiada ao relatar o funcionamento do esquema de corrupção em que esteve envolvido com Seabra.

Segundo a acusação do Ministério Público Estadual, nos anos de 2001 e 2002, Seabra e Toshimoto desviaram R$ 4,8 milhões dos cofres públicos, dos quais só devolveram R$ 1,7 milhão. Considerando apenas o ano de 2001, foram emitidos pela dupla 137 cheques da Câmara de Marília, de valores superiores aos que constatavam em registros contábeis.

Comentários

Mais vistos