Notícias

Busca

MATRA

CORREÇÃO:TRE impugna pedido de registro de seis dos 16 candidatos de Marília

25 de agosto de 2010 - 00:00

Dos 16 candidatos de Marília que apresentaram pedido de registro de candidatura na Justiça Eleitoral, apenas 10 foram aprovados pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado de São Paulo (TRE-SP). A decisão começa a dificultar a disputa dos outros seis candidatos que mesmo não ficando impedidos de participar da concorrência enquanto apresentam recurso contra a decisão, ficam sem a certeza de que terão, ou não, o direito de assumir a vaga caso sejam eleitos.


Até ontem, na única fonte oficial de divulgação de pedidos de registro de candidatura, que é o site do Tribunal Superior Eleitoral (www.tse.gov.br), dos seis indeferidos, apenas o locutor Marco Brasil, candidato a deputado estadual pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) e os candidatos a deputado federal, Benedito Donizete, do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e Jorge Nelson, do Partido Socialismo e Liberdade PSOL), tinham apresentado recurso.


Entre os que tiveram o pedido negado, e que até o fechamento da edição de hoje não tinham apresentado recurso, está a professora Vilma, candidata a deputada estadual pelo Partido Social Democrata Cristão (PSDC), o professor universitário Antonio Carlos Mazzeo, que é candidato ao senado pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB) e o jornalista José Ursílio, candidato a deputado estadual pelo Partido da Social-Democracia Brasileira (PSDB).
Ursílio teve seu registro indeferido por votação unânime. O julgamento teve a participação do Desembargador Walter de Almeida Guilherme, como presidente e dos juízes Baptista Pereira, Paulo Henrique Lucon, Clarissa Campos Bernardo, Galdino Toledo Junior e Moreira de Carvalho.


No acórdão consta ainda que a Procuradoria Regional Eleitoral apresentou a impugnação de Ursílio em virtude do candidato não atender às condições de elegibilidade previstas na Constituição Federal, por não estar quite com a Justiça Eleitoral.
O TRE-SP aprovou o pedido de registro de candidatura do deputado federal Abelardo Camarinha e do estadual Vinicius Camarinha, ambos são candidatos à reeleição pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).


O Tribunal permitiu também a disputa dos candidatos a deputado estadual, vereador Sydney Gobetti, do Partido Comunista do Brasil (PCdoB); José Menezes, do Partido Social Liberal (PSL); Valdir Marim, do Partido Progressista (PP); e do vice-prefeito Ticiano Toffoli, candidato pelo Partido dos Trabalhadores (PT).


Os candidatos a deputado federal Valter Ihoshi, do Partido Democratas (DEM), Émer Nogueira, do Partido Social Liberal (PSL) e Amaury Barbosa, do Partido Social Democrata Cristão (PSDC), também já tiveram os registros liberados pelo TRE-SP.

 

Fonte – Correio Mariliense / TSE-SP

Comentários

Mais vistos