Notícias

Busca

MATRA

CPI da Fumes: Doreto Campanari é ouvido como colaborador pela Comissão

06 de outubro de 2011 - 16:21

 A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Fumes (Fundação Municipal de Ensino Superior de Marília) ouviu hoje, como colaborador, o médico e ex-deputado federal Oswaldo Doreto Campanari.

Doreto contou à Comissão como se deu o processo de fundação da Fumes, sua estadualização e a luta para que a Famema (Faculdade de Medicina de Marília) seja encampada pela Unesp (Universidade Estadual Paulista).

Entretanto, Doreto não soube dizer para onde vai hoje a verba estadual repassada à Prefeitura, se para a Fumes ou para a Famar (Fundação de Apoio a Faculdade de Medicina de Marília).

DOCUMENTOS

O presidente da Comissão, vereador Eduardo Gimenes, informou que a documentação referente a Fumes, Famar e Famema solicitada do Ministério Público Estadual, Polícia Federal e Tribunal de Contas ainda não foi enviada.

Já Prefeitura informou à Comissão os repasses feitos às instituições.

Entretanto, a Fumes não enviou todos os documentos solicitados pela CPI.

Na reunião de hoje, a Comissão deliberou solicitar da Fumes e Famar o envio dos contratos de aluguéis e os respectivos aditivos, bem como todos os contratos de terceirização e aditivos relacionados ao atendimento de saúde.

Gimenes anunciou, ainda, que a Comissão deverá realizar uma reunião com o promotor de Justiça Isauro Pigozzi Filho – ainda sem data marcada.

PERITO

Segundo o presidente da Comissão, já foi aberta licitação para contratação de perito, que é feita por meio de carta-convite.

A contratação deve ser efetuada até o dia 18 de outubro.

A próxima reunião da CPI será realizada no dia 19 de outubro, às 9h, na sala “Nasib Cury”, localizada na Câmara Municipal.

Comentários

Mais vistos