Notícias

Busca

MATRA

Fórum Eleitoral acredita em metade das candidaturas julgadas até dia 20

12 de julho de 2012 - 12:18

Marília tem hoje 279 candidatos a vereador com pedido de registro, mas número pode aumentar se vagas remanescentes forem preenchidas.

O Fórum Eleitoral de Marília informou ontem que a metade das candidaturas a vereador serão julgadas até o próximo dia 20. Os juízes eleitorais Silas Silva Santos (70ª zona eleitoral) e Ângela Martine Heinrich (400ª zona eleitoral) terão até o dia 5 de agosto para julgarem e publicarem o deferimento ou a impugnação das candidaturas.

“Tivemos duas atas entregues e incluímos mais sete candidatos a vereador pelo PP (Partido Progressista) que estavam na convenção, mas não tiveram pedidos de registros de candidaturas confirmados”, disse a chefe do cartório da 70ª zona eleitoral, Karina Marcussi Gomes.

A situação registrada no PP é originária de mudança de apoio de grupo político após a convenção do partido. Com isso, o representante da sigla que sofreu a intervenção não disponibilizou a legenda aos candidatos que constavam em ata. Isso motivou o pedido de registro individual de candidatura, que será julgada nos próximos dias pela Justiça Eleitoral.

Ainda não existem candidaturas deferidas, conforme informações do Fórum Eleitoral e o MPE (Ministério Público Eleitoral) está em fase de avaliação de registros.

Vale lembrar que a partir desta eleição passa a valer a Lei da Ficha Limpa, que impugna candidatos com condenações em órgãos colegiados, ainda que seja questionada pela sua flexibilidade, como permitir que gestores com as contas rejeitadas pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) possam concorrer.

A última listagem disponibilizada no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aponta 279 candidatos a vereador e seis a prefeito e vice-prefeito em Marília. Porém, este número pode aumentar por conta das vagas remanescentes que podem ser preenchidas pelos partidos até 8 de agosto, mesmo prazo para substituição de candidatos.

Até amanhã (13) podem ser protocolados pedidos de impugnações de candidatos no Fórum Eleitoral. A solicitação é um direito do MP (Ministério Público), partidos, coligações e candidatos.

Fonte: Jornal da Manhã (versão impressa)

Comentários

Mais vistos