Notícias

Busca

MATRA

LINHÃO: Comunidade reclama de abandono da área depois do desfavelamento

28 de janeiro de 2015 - 10:40

A comunidade em torno da antiga favela do Linhão, no bairro Santa Antonieta, está descontente com a situação no local. Depois que a Prefeitura concluiu o desfavelamento, a expectativa era quanto à revitalização da área, prometida pela administração municipal na ocasião, o que, um ano depois, ainda não aconteceu. Até o fim de janeiro do ano passado, a Prefeitura concluiu a remoção de aproximadamente 700 pessoas, que há anos residiam em condições precárias, para o Núcleo Marina Moreti, na zona norte.

As favelas eliminadas foram as do Jânio Quadros, da Vila Altaneira e do Linhão, no Santa Antonieta. Só que os moradores do Jardim Santa Antonieta ainda esperam a execução de um projeto de revitalização da área desocupada. “Por enquanto a única mudança foi o mato que cresceu”, disse o morador do bairro, Luis Alves Pereira. Na ocasião do desfavelamento, pela demolição das moradias, com esgoto a céu aberto, as secretarias de Serviços Urbanos e Obras retiraram todos os entulhos. Porém, a meta municipal já era a revitalização das áreas até então ocupadas irregularmente.

“A administração municipal prometeu mais qualidade de vida não só para as famílias que se mudaram para as casas novas, mas também para nós, que moramos perto da antiga favela”, lembrou Luis Alves Pereira. A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos afirmou que iniciou ontem mesmo os trabalhos de limpeza da área. E a pasta de Planejamento Urbano esclareceu que o projeto de urbanização continua sendo uma das ações prioritárias da atual administração, recuperando áreas de lazer e preservação ambiental. “Esse projeto está no cronograma de obras municipais”.

Fonte: Jornal da Manhã

Comentários

Mais vistos