Notícias

Busca

MATRA

Movimento social pretende pressionar vereadores para que aprovem cassação do prefeito

01 de dezembro de 2011 - 13:48

Em reunião realizada ontem (30), o Fórum Social de Marília traçou as ações que deve realizar para convocar a população com o objetivo de pressionar os vereadores para que esses aprovem a cassação do prefeito Mário Bulgareli.

Para o grupo, o relatório final da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Merenda, que comprovou o desvio de verba para pagamento de propina ao ex-prefeito Abelardo Camarinha e ao atual, Mário Bulgareli, e a operação de busca e apreensão realizada contra o ex-secretário da Fazenda e Chefe de Gabinete do Município, Nelson Granciéri, o Nelsinho, acusado de cobrar propina de fornecedores da Prefeitura para liberação de pagamentos, deixam claro que Bulgareli não tem mais condições morais de permanecer em seu cargo.

Os membros do Fórum decidiriam que irão iniciar uma campanha de conscientização da população sobre a grande responsabilidade que está nas mãos dos vereadores de Marília, que devem votar o pedido de abertura de uma Comissão Processante Especial para decidir a respeito da cassação do prefeito.

“O Fórum Social de Marília surgiu quando o movimento social da cidade se uniu contra o aumento do IPTU. Naquele momento ninguém acreditava que a Prefeitura voltaria atrás na sua decisão de majoração do imposto, mas conseguimos a vitória. O momento agora é propício para outra conquista”, disse o membro UJS (União da Juventude Socialista), Luciano Cruz.

O grupo deve realizar panfletagens na ilha em frente à Galeria Atenas, no Terminal, na formatura das EMEIs no Abreuzão e no comércio convocando toda a população para comparecerem as Sessões da Câmara do dia 5 e 12 de dezembro.

Para o membro do Conselho Consultivo da MATRA, Carlos Rodrigues, é possível sentir em toda cidade o clima ideal para que a Justiça seja feita e os responsáveis pelos casos de corrupção sejam punidos.

Comentários

Mais vistos