Notícias

Busca

MATRA

MP-SP tenta recuperar R$ 32,1 bi desviados dos cofres públicos

03 de maio de 2011 - 15:47

O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) cobra na Justiça, por atos de improbidade administrativa e danos ao erário publico, R$ 32,1 bilhões de servidores, políticos e empresários. Cerca de R$ 6 bilhões, entre dinheiro e bens dos acusados, já foram bloqueados judicialmente.

 

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, esse dinheiro teria sido desviado dos cofres públicos por meio de contratos supostamente fraudulentos e licitações dirigidas no âmbito de gestões municipais na capital e de secretarias de Estado nos últimos 18 anos.

 

De acordo com o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o MP-SP é o órgão judicial que obteve o maior úmero de condenações por improbidade, 1.301. Esse número representa 42,3% do total de condenações já transitadas em julgado no País por esses crimes (3.075).

 

Essas ações já asseguraram a recuperação de R$ 244,7 milhões em ressarcimento de danos causados por atos que violaram as leis de Licitações e de Improbidade.

 

(VM, com informações do jornal O Estado de São Paulo)

Comentários

Mais vistos