Notícias

Busca

MATRA

MPE pede condenação de Collor com base na Ficha Limpa

04 de março de 2011 - 14:58
 O MPE (Ministério Público Eleitoral) entrou com recurso hoje no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pedindo a condenação do senador Fernando Collor com base na Lei da Ficha Limpa.

O MPE acusa Collor de manipulação pesquisa eleitoral nas eleições do ano passado, quando disputava o governo de Alagoas.

O recurso feito pelo MPE contesta decisão do TRE-AL (Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas) que, apesar de reconhecer a ocorrência da fraude na pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Gape, que pertence à família de Collor, entendeu que não houve abuso de poder e uso indevido dos meios de comunicação por parte do então candidato.

Para o MPE, os dados da pesquisa foram manipulados com “claro intuito” de beneficiar Collor e seu vice, Galba Novais Júnior.

O advogado de Collor, Fábio Ferrario, informou ao site Congresso em Foco que o senador está “confiante na Justiça Eleitoral” e que tem certeza de que será inocentado. Ferrario argumenta ainda que pesquisas divulgadas na mesma época apontavam para os mesmos resultados.

Em sua decisão, o TRE-AL decidiu que o fato não enquadra o senador Fernando Collor na inelegibilidade baseada na Lei da Ficha Limpa, mas, considerou que houve fraude na pesquisa e condenou o jornal Gazeta de Alagoas, responsável pela publicação dos dados, a pagar multa. O jornal questiona perante o TSE a decisão do tribunal regional referente ao pagamento de multa.

(VM)

Comentários

Mais vistos