Notícias

Busca

MATRA

PF prende assessora de deputado federal por estelionato

26 de maio de 2014 - 15:00

A Polícia Federal (PF) prendeu em flagrante uma assessora do deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) que sacou R$ 30 mil de uma agência da Caixa Econômica Federal, em Umuarama (PR), com um falso alvará judicial. As informações são da Folha de S. Paulo.

Lucy Esteves apresentou um documento com assinatura falsa para tentar resgatar o valor de uma suposta ação judicial, segundo o jornal. Ela atuava no gabinete de Zeca Dirceu no Paraná. Em princípio, não há indícios de envolvimento do parlamentar no episódio, mas a polícia deverá investigar se ele tem alguma ligação com a fraude.

Em nota, Zeca Dirceu disse que exonerou a servidora depois do flagrante e que não tem conhecimento do episódio. Conforme a nota, ela exercia a função de telefonista há um ano.

De acordo com a PF, Lucy Esteves procurou a gerência de uma agência do banco para resgatar o dinheiro com um documento assinado por um juiz de Alto Piquiri (PR).

O gerente suspeitou da assinatura, marcou o saque para o dia seguinte e contatou o juiz Márcio Perroni, que não reconheceu sua assinatura, confirmando a fraude. Não havia nenhuma ação judicial que autorizasse o pagamento dos R$ 30 mil à servidora, segundo o magistrado. O gerente então acionou a polícia, que prendeu Lucy ontem por estelionato.

A filha da servidora pública, que trabalha no fórum de Alto Piquiri, é suspeita de ter forjado o documento para a mãe. Ela chegou a ser encaminhada à sede da PF em Guaíra (PR), mas foi liberada.

Fonte: Congresso em Foco

Comentários

Mais vistos