Notícias

Busca

MATRA

Polícia Federal investiga denúncias de compra de voto em Marília

14 de novembro de 2012 - 10:55

Mulher que trabalhou para vereador foi detida na terça-feira.

Delegado diz ter provas contra o parlamentar Domingos Alcalde.

A Polícia Federal de Marília continua as investigações sobre a suposta compra de votos nas últimas eleições pelo candidato a vereador Domingos Alcalde. Uma mulher que trabalhou na campanha dele foi detida e prestou depoimento na noite de terça-feira (13).

A Justiça Eleitoral emitiu um mandado de busca e apreensão na casa de Elaine Miranda da Cruz. O objetivo era encontrar documentos relacionados à suposta compra de votos nas eleições deste ano pelo candidato.

Elaine foi detida, prestou esclarecimentos por 40 minutos e liberada em seguida. Ela não dar entrevista, mas o advogado dela conversou com os jornalistas. “Não foi encontrado nada na casa dela, mas, ela veio até aqui para prestar esclarecimentos e está sendo liberada agora”, afirmou Luiz Carlos Mazeto Júnior.

O delegado que cuida do caso, Sandro Viana dos Santos, disse que a Polícia Federal tem outras provas contra Domingos Alcalde, inclusive com gravações telefônicas. As provas serão encaminhadas à Justiça Eleitoral. “Possivelmente vai ser requisitado a abertura de um inquérito. Nós vamos apurar mais profundamente, inclusive fazer a degravação de material que já temos em mãos, de conversa telefônica”, ressalta.

Por telefone, Domingos Alcalde esclareceu que a mulher ouvida pela Polícia Federal trabalhou para ele durante as eleições como cabo eleitoral, mas apenas nesse período, e que depois não tiveram mais contato. Ele disse que não pediu nada a ela e alegou desconhecer o fato de que ela vinha coagindo testemunhas.

Fonte: G1

Comentários

Mais vistos