Notícias

Busca

MATRA

Prefeitura começa pagar Ipremm

20 de setembro de 2010 - 00:00

O Ipremm (Instituto Previdenciário do Município de Marília) recebeu nesta semana uma parcela de R$ 1,8 milhão da dívida que a prefeitura tem com a entidade. O valor é referente aos repasses dos servidores nos meses de março e abril.

A diretoria do instituto ameaçava entrar na justiça para cobrar a dívida, que com o pagamento desta semana ainda está em torno de R$ 10 milhões. A prefeitura promete manter pagamentos – duas parcelas por mês – e reduzir a dívida para cerca de R$ 8 milhões até dezembro.

Esta semana o chefe de gabinete e secretário da Fazenda, Nelson Grancieri, jogou a culpa do atraso nos repasses na queda da arrecadação. Disse que a administração perdeu cerca de R$ 6 milhões depois que teve de revogar no início do ano o reajuste do IPTU.

“A prefeitura depende da arrecadação de três impostos: o IPTU, o ISS e o ITBI (sobre transmissão de bens imóveis). A arrecadação do IPTU está parada em 2008”, falou.


DUPLO

De janeiro a agosto a prefeitura fez repasses mensais ao Ipremm em torno de R$ 600 mil, quando a média deveria ser R$ 2 milhões.

Essa não é a primeira vez que o governo Bulgareli atrasa. No ano passado, também houve problemas com repasses ao Ipremm e no final a prefeitura foi obrigada a fazer acordo extrajudicial, endividando os cofres públicos com mais um parcelamento de 60 meses no valor de R$ 50 mil cada para as próximas administrações.

Comentários

Mais vistos