Notícias

Busca

MATRA

PREFEITURA GASTOU MAIS DE R$ 2,5 MILHÕES EM “COFFE BREAK”, ALUGUEL DE SOM E APRESENTAÇÕES MUSICAIS NA GESTÃO PASSADA – DESPESAS ELEVADAS CHAMAM A ATENÇÃO!

30 de março de 2017 - 11:49

O Brasil é um dos principais produtores e consumidores de café do mundo. Aqui a bebida é a segunda mais consumida pela população, só perde para a água, segundo pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Café.

Não por acaso é comum que encontros, eventos e reuniões tenham sempre um cafezinho para ser servido aos participantes.

O que chama a atenção é que o investimento feito pela Administração Municipal nos últimos quatro anos em “coffe break”, eventos que além de café, também contaram com pelo menos dois tipos de sucos naturais, refrigerantes variados, chás e algumas guloseimas, ultrapassou a marca de meio milhão de reais. Foram exatos R$ 509.703,98 gastos em “coffe break” entre 2013 e 2016 pela Prefeitura de Marília.

A análise dos dados que podem ser acessados por qualquer pessoa no Portal da Transparência (www.marilia.sp.gov.br) revelam que em 2013 o investimento em “coffe break” foi de R$ 77.128,37, destes R$ 55.214,50 para apenas um hotel da cidade que também disponibiliza serviço de Buffet. O que causa estranhamento é imaginar o que justificaria um investimento de R$ 16.700,00 em café/lanche para os convidados de apenas um evento realizado pelo Poder Público Municipal, como ocorreu no dia 19 de fevereiro de 2013?

E no ano seguinte não foi diferente. Dos cerca de R$ 120 mil investidos nos tais “coffe break” pela Prefeitura, R$ 102 mil foram para a mesma empresa que ofereceu cafés para eventos de diversas Secretarias Municipais do tipo “simples”, “completo” ou do tipo “Brunch”.

Para citar mais alguns exemplos em 17/10/2014 a empresa preparou e serviu dois “coffe break” do tipo “Brunch” no mesmo dia, um deles custou R$ 11.000,00, o outro R$ 15.000,00.

Em 2015, no auge da crise financeira, a empresa que mais prestou este tipo de serviço para a Prefeitura foi outra, mesmo assim no total o investimento chegou a R$ 141.372,61 no ano.

Já no ano passado, o último do mandato de Vinícius Camarinha, o gasto com “coffe break” para eventos diversos das Secretarias Municipais, como a Administração Municipal costuma justificar os investimentos deste tipo, foi de R$ 170.715,50, com destaque para três pagamentos individuais de R$ 13.200,00, dois deles feitos à mesma empresa e no mesmo dia (21/11/2016).

Pelo levantamento preliminar feito pela MATRA a Secretaria Municipal de Assistência Social foi uma das que mais promoveu eventos que resultaram em custos com “coffe break”.

Diante dos valores considerados elevados a MATRA – Marília Transparente, encaminhou requerimentos ao Prefeito de Marília, Daniel Alonso, e à Secretária Municipal de Assistência Social pedindo informações sobre o tipo/finalidade dos eventos realizados e quantas pessoas participaram deles.

Agora, se você ficou espantado com os valores gastos em “coffe break” pela Prefeitura de Marília, prepare-se para levar outro susto.

As despesas com música, locação de aparelhos de som e shows passaram de dois milhões de reais na administração passada. Só em 2014, o ano em que mais se fez este tipo de investimento no governo anterior, foram R$ 714.020,00.

O que se questiona neste caso é: não seria mais vantajoso para o Município comprar os equipamentos ao invés de ficar locando periodicamente com custo médio de R$ 2.500,00, podendo chegar a R$ 15 mil como ocorreu em 16/06/2014?

Aliás, só no mês de setembro daquele ano uma mesma empresa faturou com locação de aparelhagem e som, palco e iluminação, R$ 34.255,00 em apenas três eventos.

A MATRA – Marília Transparente acompanha os gastos da Administração Municipal em defesa da transparência e da boa aplicação dos recursos públicos.

Comentários

Mais vistos