Notícias

Busca

MATRA

Prefeitura instaura mais processos administrativos contra fornecedores que deixaram de entregar produtos

13 de fevereiro de 2015 - 11:08

Novamente, a Prefeitura de Marília instaurou diversos processos administrativos contra empresas contratadas que não forneceram os produtos determinados no edital de licitação. A Administração chegou a notificar os responsáveis, porém o problema não foi corrigido. Na edição de hoje (13) do Diário Oficial do Município de Marília consta a instalação de procedimento contra a MDF Canaletado Indústria e Comércio de Componentes e Acessórios de Madeiras Ltda. – ME (aquisição de madeiras), MC Penteado Manoel de Tupã – ME (locação de coberturas, palcos e tendas), Dimaci/MG – Material Cirúrgico Ltda. (aquisição de medicamentos), B & E MEDLOG HOSPITALAR LTDA – ME (aquisição de materiais de enfermagem) e Godoy & Lautenschlaeger – Indústria Mecânica e Comércio Ltda. (aquisição de ferragens para serralheria).

Ontem foram instaurados procedimentos contra a Office 2 Ltda – ME (material escolar), Julio César Henrique Alves – ME (colchões para berços), Ethos Comercial e Serviços Ltda – ME (equipamentos de proteção individual), Beatriz Consoli (equipamentos de proteção individual), Dupatri Hospitalar Comércio, Importação e Exportação Ltda (materiais de enfermagem) e Heavy Duty Comércio de Ferramentas e Fixadores Ltda. – ME (pregos, parafusos, buchas, rebites e afins).

Agora, por meio da determinação de processo administrativo, o município passará a investigar a responsabilidade dos fornecedores por infração cometida durante período contratual, podendo resultar em advertência ou mesmo em rescisão do contrato.

Comentários

Mais vistos