Notícias

Busca

MATRA

Prefeitura já empenhou R$ 4,7 milhões contra Covid-19 este ano

12 de março de 2021 - 09:35

A Prefeitura de Marília empenhou R$ 4,7 milhões de janeiro até agora em despesas contra a Covid-19. Os dados, publicados pelo Marília Notícia estão disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura.

Os valores efetivamente pagos pelo governo Daniel Alonso (PSDB) este ano, no entanto, são maiores, já que envolvem também restos a pagar deixados de 2020. Até agora, em 2021, o município pagou R$ 7,9 milhões referente à pandemia.

Em todo o ano passado os empenhos contra o novo coronavírus somaram R$ 31,9 milhões. No entanto, apenas parte disso foi de fato liquidado e pago dentro daquele orçamento, o equivalente a R$ 26 milhões.

Receitas

Em 2021, segundo o Portal da Transparência, a Prefeitura de Marília ainda não recebeu praticamente nada em recursos para enfrentamento da Covid-19, em comparação com o que foi destinado ao município em 2020.

Entre janeiro e dezembro do ano passado, o Executivo mariliense recebeu R$ 40,8 milhões especificamente para serem gastos com os problemas decorrentes da pandemia, que vai além das despesas com saúde.

Entram na conta, por exemplo, ações com assistência social e até mesmo a verba da Lei Aldir Blanc, com socorro financeiro para a classe artística e projetos culturais.

Destinação

Assim como em 2020, neste ano os principais destinatários dos recursos são três hospitais.

Hospital Beneficiente Unimar (HBU) e Santa Casa de Marília têm empenhos que totalizam R$ 1,2 milhão cada desde janeiro deste ano.

Em seguida aparece a Associação Feminina Gota de Leite, com pouco mais de R$ 1 milhão empenhado pela prefeitura em 2021.

Informática

Na sequência nos CNPJs com maiores empenhos da Covid-19, aparece a empresa Allan Rodrigues Silva ME, com empenho de R$ 264 mil – mais do que o destinado á rubrica “Pessoal Civil Fixo”, que totalizou R$ 213 mil em empenhos este ano.

Segundo consta no Diário Oficial, a empresa foi contratada para fornecer “materiais e equipamentos de informática destinados a diversos setores da Secretaria Municipal da Saúde, a fim de possibilitar ou ampliar a conectividade e atuação remota como forma de melhoria da prestação dos serviços relacionados ao enfrentamento à pandemia de Covid-19”.

A reportagem destaca ainda a existência de outras empresas do ramo da informática entre os dez maiores CNPJs com empenhos dos recursos. Entre elas, MBM Tecnologia e Indústria de Informática Ltda (empenhos que somam R$ 128,3 mil), Meiri Mitiko Suzuki Nakamura ME (R$ 42 mil) e Rio Preto Distribuição de Equipamentos de Informática e Tecnologia Eireli (R$ 39 mil).

*Fonte: Marília Notícia.

**Imagem meramente ilustrativa.

Comentários

Mais vistos