Notícias

Busca

MATRA

Região: Manifestações reúnem 20 mil pessoas no Centro-Oeste Paulista

21 de junho de 2013 - 10:01

Quatro das mais importantes cidades da região Centro-Oeste Paulista receberam manifestações nesta quinta-feira (20). As reinvidicações seguem as pautas nacionais e pedem redução da tarifa do transporte e outras melhorias no país em diversos setores como a saúde e educação. Alguns manifestantes também questionaram os gastos com os eventos esportivos que acontecem no país.

Bauru

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 5 mil pessoas se concentraram na Praça Rui Barbosa e seguiram em passeata pela Rodrigues Alves em direção a Nações Unidas. Em seguida ocuparam a Avenida Duque de Caxias, subiram a Rua Antônio Alves até a Avenida Getúlio Vargas.

O movimento foi pacífico e a Polícia Militar acompanhou todo o trajeto para garantir a segurança dos manifestantes. O prédio da prefeitura foi isolado pela PM. O trânsito na Avenida Getúlio Vargas foi interditado para passagem dos manifestantes que seguiram em direção ao antigo aeroclube da cidade.

Com apoio de um carro de som, os líderes do movimento comandaram os gritos de guerra e os pedidos de melhorias no sistema de transporte público, saúde, educação.

Por volta das 22h, a passeata voltou pela Avenida Nações Unidas até o ponto de início, na Praça Rui Barbosa.

Jaú

Em Jaú, a concentração aconteceu em frente ao Tiro de Guerra e cerca de cinco mil pessoas participam da passeata pelas ruas da cidade. Os manifestantes devem seguir pelas ruas mais movimentadas até a Avenida Ana Claudina, onde a manifestação terminou por volta das 20h30.

Assis

Em Assis, a concentração aconteceu na praça central e seguiu por toda a Avenida Rui Barbosa, uma das principais da cidade. Foram ao todo 3 quilômetros de caminhada. O trânsito precisou ser interditado para passagem dos manifestantes. Cerca de 2500 pessoas participaram do manifesto que foi pacífico e terminou por volta das 19h30.

Botucatu

Em Botucatu, cerca de 8 mil pessoas se reuniram na Praça do Bosque e caminharam pela rua Amando de Barros até a Praça Paratodos. O protesto é pacífico e os manifestantes seguiram até a prefeitura de Botucatu onde foram recebidos pelo secretário de governo da prefeitura.

No gabinete do prefeito, um dos representantes do movimento leu um manifesto com as principais reinvindicações do grupo.

A manifestação terminou por volta das 20h30, de forma pacífica. A única ocorrência registrada foi um vidro do prédio da prefeitura que foi quebrado por três adolescentes. Eles foram detidos pela Guarda Municipal.

Fonte: G1

Comentários

Mais vistos