Notícias

Busca

MATRA

Repasse de ICMS para Marília cresce 25% em janeiro

06 de fevereiro de 2012 - 09:31

O repasse de ICMS (Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) a Marília em janeiro foi 25% maior em relação ao mesmo período do ano passado. Até dia 31, segundo a Secretaria do Estado da Fazenda, os cofres da prefeitura receberam R$ 7.062.094,15 provenientes do imposto, enquanto no primeiro mês de 2011 o Estado destinou R$ 5.225.634,36.

Balanço mostra ainda que no mês passado Marília também recebeu repasses de tributos relacionados à exploração de gás e energia, no total de R$ 7.020,83 – quantia 308% maior em relação ao ano passado – e referente à transferência de valores para o Fundef, que totalizaram R$ 21.049,58, montante 60% inferior ao repassado em janeiro de 2011.

A Secretaria da Fazenda ainda não divulgou dados referentes aos repasses do IPVA (Imposto Sobre a propriedade de Veículos Automotores). No mês de janeiro de 2011 a cidade recebeu R$ 9.694.538,93, fechando o mês com o total de R$ 14.977.220,78 em repasses.

Em todo o ano passado a destinação de percentual de impostos estaduais a Marília totalizaram R$ 96.004.176,17, representando alta de 12,24% em relação a 2010. Tal média de crescimento se apresenta desde 2009 e, se for mantida, os cofres da prefeitura devem receber mais de R$ 100 milhões este ano provenientes principalmente do ICMS (Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) e IPVA (Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores).

Só de ICMS a cidade recebeu em 2011 o total de R$ 68.761.293,23, um crescimento de 12% comparado com o ano anterior. O segundo imposto com maior representatividade no bolo de repasses no ano passado foi o IPVA, que apresentou alta de quase 13%, sendo responsável por R$ 26.588,273,84. Números se explicam pelo aumento do número de veículos em circulação em Marília, que bateu recorde no ano passado, com 8.604 novos carros, motos e caminhões nas ruas da cidade, uma média de 717 emplacamentos por mês, quantidade 5% maior em relação a 2010.

Recorde de novos veículos em circulação significa maior destinação de recursos provenientes do IPVA este ano que, baseada no crescimento médio de 11% nos repasses dos últimos três anos pode alcançar a quantia de quase R$ 30 milhões.

Balanço da Secretaria do Estado da Fazenda revela ainda que, em 2011, os cofres da prefeitura também receberam R$ 52 mil de tributos relacionados à exploração de gás e energia – com alta de 69% em relação a todo o ano de 2010. Outro repasse que registrou aumento em relação a 2010 se refere à transferência de valores para o Fundef, que totalizaram R$ 602 mil, com alta de 18%.

Fonte: Jornal da Manhã – 02/02/2012

Comentários

Mais vistos