Notícias

Busca

MATRA

SAÚDE MUNICIPAL: Rede básica fica sem exame de raio-X de novo

02 de junho de 2015 - 10:38

Depois de ficar três meses suspenso no final do ano passado, o serviço de raio-x do PA Norte, que é terceirizado, voltou a parar. Conforme informações dadas aos usuários, o aparelho quebrou novamente e não há previsão de conserto. A unidade é a única de toda a rede básica que oferece o exame. O Pronto Atendimento da zona norte informou aos usuários que o aparelho quebrou na última quarta-feira e que não há previsão de conserto porque o serviço é terceirizado.

A Secretaria Municipal da Saúde frisou que é uma questão de dias, mas da última vez em que o Raio-X do PA Norte parou, levou três meses para ser normalizado. O exame de radiologia voltou a ser feito em dezembro e parou de novo agora. Enquanto isso, a disponibilidade do equipamento no PA Sul é uma promessa desde 2012, quando a unidade foi inaugurada. A proposta inicial era que o PA Sul tivesse os mesmos atendimentos que o PA Norte, desafogando o Pronto Atendimento do bairro Santa Antonieta. No entanto, o PA do Nova Marília até hoje não é 24 horas, nem possui Raio-X.

A rotina dos pacientes que precisam de exames de imagem é o encaminhamento para o PA Norte. Agora, o aparelho do PA do Santa Antonieta, que era o único da rede municipal de Saúde, também parou. Os encaminhamentos passam a ser para os serviços de referência, como Santa Casa, Hospital Beneficente Unimar, Hospital das Clínicas ou Materno Infantil. De qualquer forma, para chegar até uma dessas unidades, somente passando pela rede básica antes.

PA Sul

Somente em março desse ano o PA Sul passou a ter o serviço de análises clínicas, dispensando encaminhamento do material coletado para o Hospital Unimar para análise de sangue, fezes e urina. Já o exame de raio-x foi prometido pela última vez para maio, mas houve atraso na estruturação da sala que vai comportar o equipamento. A reforma está em andamento, mas a Prefeitura não informa data estimada para implantação.

Denúncia

Em novembro do ano passado, a imprensa recebeu denúncia sobre falta de pagamento da Prefeitura à empresa que respondia pelo serviço de raio-x do PA Norte. Por isso, houve demora no conserto do aparelho. A Prefeitura não negou o atraso financeiro. O valor do contrato, assinado em 18 de junho de 2013, era de R$ 426 mil.

Fonte: Jornal da Manhã

Comentários

Mais vistos