Notícias

Busca

MATRA

Sem receber salário, merendeiras protestam na Prefeitura

21 de outubro de 2016 - 10:02

* Foto Jornal da Manhã

Ontem (20) pela manhã as merendeiras da rede estadual protestaram na Prefeitura contra a falta de pagamento do salário referente ao mês de outubro. Elas também se indignaram com os constantes atrasos no pagamento. As profissionais são terceirizadas, mas a Prefeitura não paga a empresa contratante há cinco meses. A empresa contrata, a Soluções (São Paulo), teve que assumir os salários das 92 cozinheiras por conta própria até setembro. Porém, não efetuou o pagamento de outubro. No total, a dívida chega a R$ 1,246 milhão.

Durante a negociação com a Prefeitura, uma comissão foi recebida pelo Secretário de Planejamento Econômico, Rodrigo Zotti. O pagamento será feito até no máximo dia 25. Diante do acordo, as merendeiras voltaram ao trabalho. Enquanto isso, segundo o diretor e secretário geral do Sinterc (sindicato da categoria), Francisco José Barbosa Viana, o sindicato entrou em contato com a empresa Soluções e pediu o adiantamento salarial dos funcionários. Com o comprometimento municipal, a contratante liberou os salários de R$ 1.144,00 e o vale compras de R$ 137,00.

Comentários

Mais vistos