Notícias

Busca

MATRA

Sindicância do Legislativo termina sem apontar culpados

29 de dezembro de 2011 - 13:19

TERMINOU em pizza a sindicância aberta na Câmara Municipal de Marília para tentar apurar quem furtou a fita DVCam e o DVD com imagens de Eduardo Duarte Nascimento, da sessão de 13 de outubro de 2010

 

Segundo o Correio Mariliense apurou, a sindicância terminou há poucos dias e todo material levantado foi encaminhado para a Polícia Civil, que tem inquérito aberto apurando o caso.
 
A sindicância foi aberta em 21 de outubro deste ano, após desentendimento envolvendo o presidente do Legislativo, Yoshio Sérgio Takaoka e o vereador Eduardo Duarte Nascimento.
 
A Comissão Especial de Sindicância foi composta pelos servidores Antônio Carassa de Souza (diretor do departamento jurídico do Legislativo), Adolfo Moraes Carvalho, (do setor administrativo) e Wilza Aurora Matos Teixeira (da Biblioteca da Câmara), sob a presidência de Carassa.
 
A comissão chegou a ser prorrogada para que os membros pudessem concluir os trabalhos. Apesar disso, o levantamento feito pelos integrantes terminou sem indicar quem retirou o material da TV Câmara.
 
Conforme o Correio apurou, os membros da comissão assistiram várias horas de gravações na tentativa de saber quem retirou o DVD e a fita DVCam. Apesar de terem alguns “suspeitos”, a sindicância terminou sem uma conclusão efetiva.
 
História A questão do desaparecimento do DVD e da fita DVCam da Câmara Municipal motivou um desentendimento entre Eduardo Duarte do Nascimento e Yoshio Sérgio Takaoka, na manhã de quarta-feira, 19 de outubro. Eles se encontraram, bateram boca e trocaram “sopapos” na entrada do Legislativo.
 
Takaoka diz que foi agredido e aparece nas imagens do circuito interno de TV da Câmara sendo agarrado pelo pescoço, pelo vereador Eduardo Nascimento.
 
Este, por sua vez, nega que tenha agredido o presidente do Legislativo e diz que apenas “reagiu” as agressões pois não tem “sangue de barata”.
 
O caso foi parar na Policia Civil, que também abriu inquérito policial para apurar a suposta agressão e as ameaças que teriam sido feitas por Nascimento ao presidente.
 
Além disso, em outro inquérito também está investigando o sumiço das mídias na Câmara. 
 

Fonte:

 

Comentários

Mais vistos