Notícias

Busca

MATRA

TCU diz que vai investigar transferência de bens de Graça Foster aos filhos

22 de agosto de 2014 - 09:37

Presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), o ministro Augusto Nardes afirmou nesta quinta-feira (21) que o órgão vai investigar a transferência de bens da presidente da Petrobras, Graça Foster, a seus dois filhos. As informações sobre a cessão dos imóveis foram divulgadas ontem pela imprensa, durante o julgamento sobre indisponibilidade dos bens da executiva. Ela é alvo de processo sobre supostas irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos — o negócio deu prejuízo à estatal.

“Essa diligência vai averiguar se houve, realmente, a doação; se foi de forma planejada; ver quais as consequências disso dentro do processo que está em andamento”, disse Nardes. Segundo ele, o processo só vai ser retomado pelos ministros após a conclusão da investigação. “Se for necessário mais que uma semana, daremos mais prazo para que o relator [José Jorge] coloque isso na pauta. Queremos a segurança das informações”, acrescentou.

Na sessão realizada ontem, os ministros discutiam sobre a medida de indisponibilidade dos bens de Graça Foster. Quando a informação foi divulgada, a corte suspendeu a sessão. O relator José Jorge já declarou que a transferência dos bens é uma forma de burlar eventuais punições.

Augusto Nardes afirmou que, caso seja comprovada a cessão dos bens, penas administrativas podem ser aplicadas à executiva. “É um processo importante que tem que ter todas as nuances dissipadas. No momento em que chegou, a notícia da doação colocou todo o tribunal preocupado porque poderia estar criando algum tipo de embaraço”, reforçou. Em nota, a Petrobras disse que a transferência dos bens de Foster estava sendo preparada desde 2013 e negou a relação com o processo. (Com Agência Brasil)

Comentários

Mais vistos