Notícias

Busca

MATRA

TJ decide aumento de vereadores na câmara de Marília

01 de fevereiro de 2012 - 13:21

A Justiça decide nesta semana se a câmara de Marília, no interior de São Paulo, terá mais oito vereadores e aumentará de 13 para 21. Caso seja aprovado o aumento, os novos parlamentares vão custar R$ 2,5 milhões por ano aos cofres públicos.

A polêmica sobre a mudança se arrasta desde setembro de 2011, quando 9 dos 13 vereadores votaram a favor do aumento. O grupo de parlamentares que é contra conseguiu uma liminar na 4ª Vara Cível de Marília anulando a decisão, já que a aprovação da lei não cumpriu os prazos legais. Agora, o Tribunal de Justiça vai analisar a decisão do juiz de Marília. Independentemente da decisão, o caso ainda segue para ser analisado por um colegiado formado por sete desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo.

ONG reprova a decisão

O desfecho deve ser conhecido em um mês. Além da disputa na justiça, uma ONG de Marília também entrou na briga. A organização MATRA deve apresentar um projeto de iniciativa popular para revogar a lei dos 21 vereadores.

Integrantes da ONG conseguiram nas ruas a assinatura de 11 mil eleitores contra o aumento de cadeiras. O presidente da Matra, Oswaldo Martins de Oliveira, atribui a interesses pessoais a insistência de alguns vereadores em aumentar o número de vagas no legislativo. "Esses vereadores não têm o conhecimento dessa indignação popular. Creio que com esse trabalho da Matra ouvindo os eleitores é possível que eles venham mudar de opinião”.

Fonte: G1 Bauru e Marília – 31/01/2012

Comentários

Mais vistos