Notícias

Busca

MATRA

Transporte coletivo: em nota, Grande Marília afirma que Prefeitura é responsável pela quebra do contrato

11 de maio de 2015 - 11:07

Em comunicado distribuído na última sexta-feira (08), a empresa de transporte coletivo Grande Marília afirmou que a Prefeitura é a responsável pelo fim das atividades da empresa na cidade. “A Concessionária lamenta profundamente toda essa situação, causada exclusivamente pelo descumprimento do Contrato de Concessão por parte da Prefeitura Municipal, especialmente pelos prejuízos que advirão aos usuários do sistema de transporte e também às centenas de empregos que serão afetados”, afirma a nota.

A empresa também afirmou que não protocolou apenas um pedido de reajuste de tarifa, que saltaria dos atuais R$ 2,85 para R$ 3,27, mas um extenso requerimento relatando os problemas enfrentados desde a assinatura do contrato e início da operação. Outras medidas solicitadas foram: instituição e pagamento de subsídio orçamentário mensal; autorização para a retirada de cobradores da operação da concessionária; isenção integral do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN); alteração na rede de transporte hoje em vigor; e adequação da quantidade de carros da frota operacional.

“O município foi informado de que o não atendimento das ações concretas requeridas inviabilizaria a continuidade da prestação do serviço pela empresa, que, por conta disso, promoveria a rescisão unilateral do contrato por sua iniciativa. Logo, a concessionária não fez nenhuma ameaça, mas tão somente está dando cumprimento à rescisão por culpa exclusiva do Município de Marília, o qual já tinha ciência dessa consequência quando do protocolo do requerimento há mais de 50 dias”, informou.

Ainda segundo a empresa, o mesmo fato ocorreu quando a empresa solicitou alterações nas linhas da zona leste. O estudo foi enviado à Emdurb, mas a mesma não teria dado uma resposta.

Agora, caso as negociações não avancem, a Grande Marília poderá parar suas atividades no dia 17 de maio.

(Com informações do Marília Notícia)

Comentários

Mais vistos