Notícias

Busca

MATRA

Votação eletrônica: Pregão presencial será realizado amanhã (25)

24 de julho de 2012 - 12:58

Nesta quarta-feira será realizada na Câmara Municipal a licitação para a contratação da empresa que fará a instalação e manutenção de um painel eletrônico de votação.

No sistema eletrônico de votação, os vereadores terão a sua disposição computadores que informam os projetos de leis e documentos relacionados ao assunto que está sendo discutido. Na hora da votação, os edis deverão se identificar por meio da biometria, depois indicar sua escolha. O placar da votação será exibido para o público em telas colocadas na Câmara.

Para a realização deste projeto, a licitação visa a compra de programas de computador, equipamentos e contratação de mão de obra. O contrato vai ser divido em três lotes: instalação e equipamentos para sistema de votação eletrônica, instalação de equipamentos de infraestrutura e implantação do sistema de votação eletrônica.

Contudo, a Matra – Marília Transparente – entende que a fixação de um painel eletrônico de votação é desnecessária, pois a quantidade de vereadores é pequena e o sistema de votação vigente é funcional.

Segundo o primeiro secretário da entidade, Dr. Luiz Antônio Orlando, o regimento interno da Câmara não prevê a votação eletrônica. “Está se comprando um equipamento com custo altíssimo sem que haja previsão regimental para o seu uso. Qual é a necessidade deste tipo de equipamento quando a cidade está carente? Há a necessidade de compra de remédios, de que se equipare o PA da zona sul. O justo é que esse dinheiro se reverta ao executivo para que faça a aquisição destes materiais para a implantação do PA”, falou.

Para a Matra, este é um gasto desnecessário. “Não há justificativa plausível e razoável para que o cidadão mariliense, que é quem vai pagar este equipamento, concorde que haja esse gasto. O cidadão, se consultado, será contra um gasto desta natureza para implantar a votação eletrônica. Esse tipo de equipamento é usado quando a Assembleia Legislativa, a Câmara Federal dispõe de mais de 500 parlamentares. Com 13 vereadores não há necessidade de um painel. A população deseja que o seu dinheiro, que é destinado a sustentar tanto a Prefeitura quanto a Câmara seja revertido em benefício do cidadão. Vamos nos insurgir contra esse gasto”, disse Dr. Luiz Orlando.

Toda a população está convidada para participar do pregão a partir das 9h30. O endereço da Câmara Municipal é Rua Bandeirantes, 25.
 

Comentários

Mais vistos